Três ou um? Deuses ou Deus?

Publicado: dezembro 6, 2011 em estudo

          A “SANTÍSSIMA TRINDADE

Vamos analisar um pouco essa doutrina, ou melhor, esse dogma da igreja “cristã”

(que com certeza não partiu de Cristo.), como ficou conhecida a ICAR (igeja católica apostólica romana) e que foi adotado pela grande maioria das denominações protestantes: ” A Santíssima Trindade”.

Pessoalmente eu tenho tudo e mais um pouco contra a igreja católica, tanto pelo fato dela ser idólatra, como por se apoderar de um titulo que esta jamais mereceu “Igreja”. Pois bem o dogma da trindade foi mais um dos embustes dessa instituição apóstata que, ainda por cima, ostenta o título do grande algoz da igreja primitiva, Roma, pois é, a igreja romana meteu na cabeça do mundo que o apóstolo Pedro foi o 1º papa  ( mesmo com a diferença enorme entre o período de sua morte e a fundação dessa igreja ) e o pior é que colou!

Lá pelo ano 325 D.C, inventaram um tal “concilio de Niceia”, mas precisamente, Constantino I, onde os segmentos do “cristianismo” debateram sobre   quais doutrinas, evangelhos e ideias seriam aprovados como dogmas da igreja, lá entraram em consenso em professar a trindade. Bem, só pelo fato de se escolher o que vai ser ou não aceito como doutrina já torna esse lance de concilio uma furada, mas isso é normal dos homens que não querem ter compromisso real com a verdade.

Depois disso, tiveram outros, mas o que reafirmou as ideias do concilio-niceano foi o Primeiro Concílio de Constantinopla que foi realizado para se opor a uns zé-ruelas que não professavam a “divindade” do Espirito Santo, uns tais pneumatómacos (parece nome de bactéria), claro que isso foi considerado uma ameaça ao domínio da igreja, logo está aí o motivo desse outro concilio.

Deixando os detalhes sórdidos da história de lado, vamos ver a verdade que só encontraremos nas escrituras, tem uma passagem que eu gosto bastante, onde Jesus fala a Filipe quem é o pai. (Jo. 14. – 7 Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.)

Não vejo o porquê de alguém fazer uma interpretação tão errada, tendo em mãos uma prova tão absoluta.

Jo.14-

8 Disse-lhe Felipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta.

9 Respondeu-lhe Jesus: Há tanto tempo que estou convosco, e ainda não me conheces, Felipe? Quem me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?

10 Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras.

mas eu sei que mesmo mostrando provas como esta, a maioria insiste no engano, nos concilios, nos dogmas, enfim, não concordam com a verdade, então vou mostrar outra, uma que eu gosto bastante.

Apocalipse 1. Do versículo 9 em diante João descreve seu arrebatamento e a visão de quem falava com ele em uma forma semelhante a outras descrições como em Daniel 7.9 . cabelos brancos como a lã…

também narra algo interessante no versículo 17 e 18, visto que se eu perguntar quem é o primeiro e o último? Deus pai? sim, se foi ele quem criou todas as coisas, mas, quem foi morto? o Pai ou o filho? o filho obviamente. Então, como explicar essa passagem?

“17 Quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último,

18 e o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo pelos séculos dos séculos; e tenho as chaves da morte e do hades.”

Para mim esta é uma referência irrefutável, pois ele mesmo afirma ser o primeiro e o último, concordando com João capitulo 1, e ainda acrescenta: ” e o que vivo, fui morto…”, se conseguirem provar que Deus Pai, a primeira pessoa da trindade (segundo a teoria trinitarista) morreu alguma vez, aí tudo bem.

Temos muitas referências que referem-se ao pai, ao filho e ao Espirito Santo, mas não significa que sejam pessoas distintas entre si, vemos isso na exortação de Paulo em sua carta aos filipenses capitulo 2.

“5 Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus,

6 o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar,

7 mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens;

8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.

9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome;

10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.”

Ele mesmo, Deus, se esvaziou de si e tomou a forma de servo, ou seja, sendo um homem ele passou a ser criatura, e como tal agora era filho, homem, mortal e mais: tornou-se obediente, mas obediente a quê?

na verdade já estava escrito que ele teria que morrer, “cordeiro morto desde a fundação do mundo”, a sua vontade já estava determinada,

(  Jeremias 1:12 “Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.”).

Por isso digo que é totalmente inconsistente essa teoria, Trindade é, como diria um “ubeano” que conheço, uma cidade de Goiás.

Creio no que me diz as escrituras: I Jo 5. 20  Sabemos também que já veio o Filho de Deus, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro; e nós estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.”

Mais uma vez afirmo NADA PODEMOS CONTRA A VERDADE, porém se alguém quiser fazer alguma objeção esteja à vontade para comentar.

Anúncios
comentários
  1. Paz Toninho, firmeza essa postagem concordo plenamente com o que voce colocou, é como você disse eles preferem ficar com seus dogmas e tradições do que estudar a biblia e enchergarem a verdade sabemos que 98% dos crentes no Brasil se apegam a doutrina da trindade que por sinal não é biblica essa doutrina foi inventada por homens hereges e teve o apoio com aquele herege do Constantino, mas enfim isso é uma tradição e mecher com tradição não é facil, nós ficamos com a biblia e discordamos da maioria, por isso temos que estar preparados com os ataques, eu sei em quem tenho crido e tenho a biblia que não entra em contradição ao contrario de homens que desprezam os ensinamentos de Jesus e se apegam em tradições e dogmas, que Deus continue te usando grandiosamente Toninho fique na Paz DO SENHOR JESUS O UNICO DEUS e VIDA ETERNA AMÈM.

  2. Anônimo disse:

    MEU QUERIDO IRMÃO TONINHO, FICO MUITO FELIZ EM SABER QUE RECONHECE QUE O SENHOR É NOSSO UNICO DEUS, ENQUANTO QUE A GRANDE MAIORIA DA CRISTANDADE NOMINAL, NAO TEM NEM MESMO A FÉ QUE OS DEMONIOS TEM, POIS ELES CREEM QUE ESTREMESSEM, SÓ NAO OBEDECEM, ENQUANTO QUE A MAIORIA DOS CHAMADOS CRENTES, NEM AO MENOS CREEM!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s